O papa Francisco continua todos os dias a impressionar e a marcar a diferença.

No mês de Maio foi a Jerusalém e convidou os chefes das igrejas judaica e muçulmana para um encontro no vaticano. Fato de si já estrondoso e impensável. Não menos expetante na resposta dos líderes mencionados, aceitaram e compareceram. No encontro que manteve com eles, Francisco rezou pela unidade. Depois ouviu os referidos líderes e atentamente esforçou-se por compreender as suas razões, motivações e espectativas. Depois falou e disse: “ pedir perdão é uma atitude corajosa; Perdoar é um gesto valente; Esquecer é para heróis”. A frase encerra um programa e um projeto de vida que, não tenhamos dúvidas, é o segredo para sermos felizes. Às vezes parece uma loucura ou uma incompreensão: lutamos pela felicidade, procuramos e lutamos por ela, às vezes, contra tudo e contra todos e, afinal, está tão próxima: basta ter coragem para pedir perdão; ter valentia para perdoar e no final ser forte para esquecer. Neste início de Verão ficam as palavras para uma longa reflexão, meditação e discussão. Sim, num destes dias peguemos nestas palavras do papa Francisco e façamos delas motivo para viver mais um dia.


56730576_2263891023650261_4367810035829440512_n.jpg

Agenda de eventos

Assine o Jornal das Cortes AQUI!

Por apenas 15€ por mês (nacional) ou 25€ (estrangeiro)

mobilWEB.jpg