WebMar19 ImagMemo

Com a institucionalização da máquina de lavar, o hábito de ir lavar a roupa ao rio foi acabando, pelo menos nas Cortes, onde já é muito raro ver alguém nessa função.
Contudo, em Setembro de 1988, já lá vão trinta anos, lavar a roupa no rio ainda era comum.
Esta fotografia, captada pelo nosso amigo Benedito Vieira, é uma prova disso.
Como se pode ver, o local situa-se junto da nora das Cortes, quase debaixo da ponte, e é servido por água da vala que vem da moagem e que, por sua vez, faz rodar a nora.
Na função de lavadeira está a Fátima Malhão, aqui trinta anos mais jovem, mas bem embrenhada no trabalho e rodeada de bacias para o exercício da sabonária.
Como em três décadas se alterou tanta coisa!